terça-feira, outubro 17, 2006

Prisões livremente abertas

Na minha liberdade de escrever o que me vai na gana, fruto de revoluções pernanentes, procuras insistentes, dar e baralhar de novo, mudo de diapasão, não para fugir, mas para esvoaçar a um vento qualquer.
Uma das grandes diferenças entre homem e mulher (a muito grosso modo, obviamente) é que os homens, emocionalmente menos complicados, sabem bem o que querem em termos de mulher, encontram-na rápido, ficam felizes com a descoberta e acomodam-se.Já as mulheres nunca têm a certeza de que tipo de homem estão à procura.
A maior prova disso é que os homens, quando reclamam das suas mulheres, é porque elas mudaram.
As mulheres, por outro lado, dizem: mas este homem nunca muda!assim, levemente vou de nenufar em nenufar levando água ao meu moinho.

3 Comments:

Blogger Poliedro said...

Desculpa não entender bem as coisas postas dessa maneira. Os homens são também complicados. E muito! Complicados até no respeito e no cavalheirismo como encaram as mulheres. Preocupam-se com elas e com o seu bem-estar. A única razão é que querem ser amados e compreendidos. Se houver entendimento, a relação homem/mulher pode dar origem a um maravilhoso envolvimento, tendo como base o respeito mútuo.
Gostei da tua reflexão, mas pensa melhor e vais ver que me darás alguma razão.

2:15 da manhã  
Blogger Poliedro said...

Desculpa não entender bem as coisas postas dessa maneira. Os homens são também complicados. E muito! Complicados até no respeito e no cavalheirismo como encaram as mulheres. Preocupam-se com elas e com o seu bem-estar. A única razão é que querem ser amados e compreendidos. Se houver entendimento, a relação homem/mulher pode dar origem a um maravilhoso envolvimento, tendo como base o respeito mútuo.
Gostei da tua reflexão, mas pensa melhor e vais ver que me darás alguma razão.

2:15 da manhã  
Anonymous antonio said...

Que a água seja fresca e pura pois o que padeces é " SEDE "

7:11 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home